20 mil mortos na Faixa de Gaza desde o início da ofensiva israelita

21 de Dezembro, 2023 0 Por A Voz de Esmoriz

O número é adiantado pelo governo do movimento islamita do Hamas que adianta que, pelo menos, 20 mil palestinianos terão perecido desde o início do conflito a 7 de Outubro. Recorde-se que Israel retaliou um ataque massivo de elementos do Hamas e de outras células terroristas que atravessaram as barreiras fronteiriças e semearam ataques violentos no sul de Israel que provocaram mais de mil mortes.

No entanto, o governo de Tel Aviv prometeu erradicar o Hamas da face da terra, e enveredou por uma forte campanha aérea e terrestre, e a invasão de larga escala na Faixa de Gaza começou pouco tempo depois.

Neste momento, a ofensiva já provocou cerca de 20 mil mortes no lado do palestiniano, sendo de registar o falecimento trágico de cerca de 8 mil crianças e 6200 mulheres. Verificaram-se ainda até ao momento 52 600 feridos, tendo em conta que os hospitais em Gaza não têm capacidade de resposta para tantos pedidos urgentes de socorro.

Do lado de Israel, e de acordo com o último balanço reportado a 13 de Dezembro, já teriam sucumbido 115 soldados desde o início da ofensiva, contudo, e de acordo com os altos responsáveis militares é provável que a campanha se prolongue por mais alguns meses, devido ao facto de existirem ainda focos de resistência activos no território e de haver reféns por libertar.

No prisma internacional, vários países têm pressionado Israel a aceitar um cessar-fogo, e apesar do veto dos EUA no Conselho da Segurança da ONU ter impedido tal resolução, o próprio secretário de Estado norte-americano Antony Blinken já veio pedir “uma fase de intensidade mais reduzida” para assim se minimizarem as baixas civis.


Créditos da Foto: John Minchillo/AP Photo (citado por Al Jazeera)