Atividade operacional e de fiscalização rodoviária da PSP na semana de 16 a 22 de janeiro

24 de Janeiro, 2023 0 Por A Voz de Esmoriz

A Polícia de Segurança Pública (PSP), na semana de 16 a 22 de janeiro, efetuou 682 detenções na sua área de responsabilidade em Portugal Continental e na totalidade das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

Das detenções efetuadas destacamos 271 por crimes rodoviários, nomeadamente 145 por condução sob o efeito do álcool e 126 por falta de habilitação legal para conduzir. Ressalve-se que mais de metade das detenções por condução sob o efeito do álcool (cerca de 75%) foram efetuadas no fim de semana, período durante o qual decorrer a operação “Risco Mínimo”.

Foram ainda efetivadas 113 detenções por tráfico de estupefaciente, tendo sido apreendidas cerca de 25 525 doses individuais, das quais se destacam cerca de 16 900 doses de canábis e 4150 doses de cocaína.

Foram ainda detidos 7 suspeitos pelo crime de violência doméstica e 33 por crimes contra a propriedade (furtos e roubos).

Neste período temporal salientamos a apreensão de 28 armas de fogo e 24 armas brancas, quer como medida cautelar, quer no seguimento das 15 detenções que foram efetuadas por tráfico ou posse de armas proibidas.

Foi ainda dado cumprimento a 160 mandados de detenção judiciais.

No que diz respeito à vertente da segurança rodoviária, na janela temporal mencionada, a PSP realizou 640 operações de fiscalização rodoviária nos principais centros urbanos de Portugal Continental e na totalidade das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores, tendo sido fiscalizadas 19 185 viaturas.

Foram efetuados 5258 testes de alcoolemia, dos quais resultaram 147 autos de contraordenação por condução sob o efeito do álcool.

Foram controladas por radar mais de 100 400 viaturas, das quais 1770 encontravam-se em excesso de velocidade.

Das cerca de 6000 infrações registadas nesta semana destacamos:

– 538 por falta de inspeção periódica obrigatória;

– 116 por falta de seguro obrigatório;

– 105 por uso indevido do telemóvel durante a condução;

– 82 por não utilização (ou utilização incorreta) de cintos de segurança.

No mesmo período temporal, no que diz respeito à sinistralidade rodoviária, foram registados 1110 acidentes, dos quais resultaram 357 feridos (20 feridos graves e 337 feridos leves) e 04 vítimas mortais.

A PSP apela a todos os condutores que respeitem as regras do Código da Estrada e demais legislação em vigor, bem como as ordens emanadas pelas autoridades policiais.

Aconselhamos a todos os utentes da via que não adotem comportamentos de risco durante a condução e que adequem a mesma, quer às condições do piso, quer às condições atmosféricas verificadas no momento.


Comunicado da Direcção Nacional da PSP

Lisboa e Direção Nacional, 23 de janeiro de 2023.