CDS-PP reage ao Orçamento de Estado para 2023 (comunicado)

12 de Outubro, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

Reação ao Orçamento do Estado para 2023

A proposta de orçamento de Estado apresentada pelo governo do PS persiste num modelo profundamente errado, com o Estado a arrecadar lucros excessivos decorrentes da inflação que deveria redistribuir pelas famílias e empresas, impostos elevados e aumento sem sentido da despesa pública.

Trata-se de um orçamento que:

  • Continua a aumentar a despesa pública anual para 113 mil milhões de euros;
  • Continua a aumentar a receita anual para 107 mil milhões de euros;
  • Continua a aumentar a dívida pública para níveis recordes nunca visto em Portugal.

Para o que importa, as famílias portuguesas vão continuar a perder poder de compra e vêem a sua carga fiscal aumentada significativamente com a não atualização dos escalões de IRS em 2022, com a inflação esperada de 7 4%..

Finalmente, este orçamento de Estado não traz nada sobre competitividade fiscal, mantendo Portugal como o país com a taxa de IRC amais alta da União Europeia.

Este orçamento de Estado só poderia ser rejeitado na Assembleia da República, sendo que a previsível aprovação agravará ainda mais os problemas conjunturais e estruturais da economia portuguesa.

Nuno Melo

Presidente do CDS-PP