Colômbia dá mais um golpe contra o narcotráfico

26 de Outubro, 2021 0 Por A Voz de Esmoriz

A detenção de Otoniel (alcunha de Dairo Antonio Usuga; 50 anos) pelas autoridades colombianas no noroeste do país representa um duro golpe contra o narcotráfico, considerado desde há várias décadas como um dos principais problemas do país. A Operação Osíris envolveu 22 helicópteros e 500 membros das forças especiais.

De acordo com o Presidente da Colômbia, Iván Duque (que comentou a captura), Otoniel é “acusado de traficar dezenas de carregamentos de cocaína para os Estados Unidos, de homicídio de membros da polícia e activistas, recrutamento de menores e abuso sexual de crianças, entre outros crimes”. O chefe de estado daquele país sul-americano comparou mesmo esta detenção com a célebre captura de Pablo Escobar, líder do conhecido cartel de Medellín.

De acordo com o Jornal Público, Otoniel é suspeito de ser o principal responsável pelo Clã do Golfo que estará entranhado em 300 municípios da Colômbia, praticando o crime organizado (nomeadamente o tráfico de droga) e contando com cerca de 1200 homens armados nas suas fileiras.

Apesar deste avanço, Sergio Guzman, director da consultora Análise de Risco da Colômbia, admite que a organização deverá proceder à substituição e escolher assim um novo líder, pelo que a “guerra contra o narcotráfico” ainda poderá estar longe do fim.


Créditos da Imagem: Defesa TV