Festa 22 trouxe até ao Parque Urbano de Ovar os sons quentes da lusofonia

10 de Julho, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

O Parque Urbano de Ovar registou, neste passado sábado, a presença de uma multidão calorosa que recebeu de braços abertos o Festa 22. Muitos se sentaram por debaixo das árvores, beneficiando da sombra e da brisa, num dia em que as temperaturas rondaram os 30 ºC. O contacto com a natureza foi privilegiado, a verdura do parque rimava com as águas calmas do rio Cáster.

Os artistas convidados actuaram nos mais diversos palcos distribuídos pelo parque, procurando uma interacção dinâmica com a plateia. Muitos cidadãos vareiros levantavam-se para dançar nas imediações, enquanto outros acompanhavam atentamente as letras das canções.

A lusofonia esteve bem representada ao nível dos concertos, sendo trabalhados os mais diversos estilos musicais (jazz, valsa, funk, música electrónica, orquestra, etc.). Celebrou-se efectivamente a alegria, a pluralidade cultural e a vida através de sons quentes provenientes do Brasil, Cabo Verde e Portugal.

Dino D’ Santiago, devidamente acompanhado pela Orquestra Filarmonia das Beiras, foi a estrela de cartaz. O músico cabo-verdiano actuou neste passado sábado à noite e conciliou os padrões rítmicos do seu país de origem que se fundem com a electrónica, em temas como “Kriolu”, “Mundo Nobu”, “Brava” ou “Kem Ki Falu”. Aquando do seu concerto (decorreu no sábado à noite), o Parque Urbano de Ovar estava já lotado com muita gente a assistir. Aliás, Dino chegou a passar as barreiras que delimitavam o acesso do público e, com o sentimento de união e fraternidade, transmitiu uma mensagem de paz e união ao lado dos espectadores. Destaque ainda para a presença do maestro António Vassalo Lourenço que abrilhantou esta iniciativa, trabalhando ao lado de Dino.

No entanto, houve outros músicos a actuar ao mais alto nível.

Num palco improvisado junto ao rio Cáster, Jéssica Pina, detentora de uma bela voz, trouxe uma versão muito romântica do jazz, ela que já tinha acompanhado Madonna na digressão “Madame X World Tour”. Sempre bem disposta e num tom harmonioso, difundia as suas doces melodias, perguntando ao público se haviam por ali corações apaixonados, engrandecendo o sentimento do amor na Humanidade.

O projecto Ferver trouxe também os seus próprios sons, mesclando influências luso-brasileiras e as novidades do seu novo álbum – “Um Outro Frevo”. No denominado palco verde (zona central do parque), muitos se juntaram para dançar e ouvir aquele alargado elenco que fundiu o “frevo de rua”, oriundo do Brasil, com o jazz e outros ritmos sul-americanos.

Proveniente do Rio de Janeiro (Brasil), o jovem talento Leo Middea partilhou com o público um repertório bem alegre e também com alguns temas apaixonantes, trazendo a celebração popular até ao Parque Urbano de Ovar, de forma a ultrapassar um pouco a época depressiva da pandemia. Leo Middea já gravou quatro álbuns, dois gravados no Brasil (Dois, 2014, e A Dança do Mundo, 2016) e dois em Portugal (Vicentina, 2020 e Beleza Isolar, 2020), tendo apresentado melodias dos mesmos trabalhos no Festa 22.

O projecto Fogo Fogo (Portugal & Cabo Verde) proporcionou uma cultura do baile, disseminando a energia e as vibrações pelo parque. As influências portuguesas e cabo-verdianas acoplam-se, formando um vulcão multicultural de músicas que fizeram com que imensos cidadãos vareiros e outros visitantes dançassem efusivamente. Chegou ao ponto de alguma parte do público ter subido ao palco para bailar com os artistas, cenário épico que fez jus ao nome do evento – uma verdadeira FESTA!

Não nos podemos esquecer ainda das actuações da Criatura com Coro dos Anjos e do dj Set Baile Atlântico que encerraram o Festa 22, como ainda é de enaltecer o papel da companhia espanhola “Ángeles de Trapo” que esteve a dinamizar atividades e jogos artesanais em madeira, envolvendo assim a participação das famílias.

A Rádio Voz de Esmoriz acompanhou, em directo, as incidências, transmitindo concertos e ouvindo os principais artistas musicais. Um trabalho de reportagem desenvolvido por Eduardo Carvalho e José Carlos Macedo.

O Festa 22 é uma iniciativa cultural organizada pela Câmara Municipal de Ovar.


Galeria de Imagens (a última é da autoria da página Ovar Cultura)