Gonçalo Ramos lidera a frota portuguesa até aos quartos-de-final

6 de Dezembro, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

Portugal venceu a Suíça por uns expressivos 6-1, e confirma que tem capacidades para ir muito longe neste Mundial. Fernando Santos decidiu iniciar o jogo sem escalar Ronaldo no onze inicial. A escolha recaiu em Gonçalo Ramos, jovem avançado.

E a verdade é que foi um jogo de sonho para o atleta. Gonçalo Ramos fez um hattrick – aos 17, 51 e 67 minutos (o primeiro golo é de antologia visto que, apesar do difícil ângulo, consegue rematar de forma potente e a bola entra no ângulo esquerdo da baliza, enquanto os outros dois são de boa definição na frente do guarda-redes oponente!). Na sequência de um canto, Pepe surge de cabeça e amplia a vantagem aos 33 minutos, e Raphael Guerreiro aos 55 minutos, fuzilou igualmente a baliza de Sommer. Aos 91 minutos, uma nova obra de arte – Rafael Leão dispara um remate colocado e o esférico entra triunfalmente no lado esquerdo da baliza suíça. Meia dúzia de golos numa goleada às antigas.

O tento de honra dos helvéticos foi apontado por Akanji que encostou a bola para o fundo das redes após um canto em que a defesa portuguesa não conseguiu interceptar o esférico.

Com este resultado, a selecção das quinas defronta Marrocos nos quartos-de-final que hoje eliminou surpreendentemente a Espanha. Uma partida em que os portugueses partem como favoritos devido à sua qualidade técnica, embora se esperem mais dificuldades atendendo à motivação do adversário.

Créditos da Imagem: CNN Portugal