Governo português disponibiliza mais de 580 mil euros em apoio humanitário para Cabo Verde

30 de Dezembro, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

Portugal concedeu a Cabo Verde um apoio extraordinário no valor superior a 580 mil euros (583 462 euros) que se destina a mitigar os efeitos cumulativos da pandemia de COVID-19, da crise alimentar mundial e dos efeitos da seca prolongada naquele país. Uma ajuda que surge na sequência da declaração de situação de emergência social e económica feita pelas autoridades cabo-verdianas.

O acordo estabelecido entre os dois países compreende duas modalidades:

a) O apoio extraordinário ao Orçamento Geral do Estado de Cabo Verde, com um montante de 560 mil euros, para reforço da segurança alimentar. Este apoio direto ao Orçamento de Estado de Cabo Verde soma-se ao apoio regular de 500 mil euros, elevando assim a mais de um milhão de euros o valor total disponibilizado por Portugal para este efeito;

b) O envio de 6,7 toneladas de leite em pó (mais de 23 mil euros), cujo transporte para Cabo Verde foi assegurado pelo Ministério da Defesa Nacional, através da Marinha Portuguesa.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, destaca o sinal inequívoco deste apoio tendo em conta a relação entre os dois países: “Portugal e Cabo Verde são parceiros de excelência – e para um país irmão, temos de estar presentes em todas as horas. O Governo português não podia ficar indiferente ao apelo cabo-verdiano para fazer face à ‘tripla crise’ e, assim, mobilizou recursos em várias áreas governativas, incluindo a experiência da Cooperação Portuguesa, para lograr este apoio que vai ter um impacto muito positivo em Cabo Verde”.

Também a Ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, sublinha a importância deste acordo, perante um contexto tão desafiante para o povo e as autoridades cabo-verdianas: “Ninguém pode ficar para trás e é com este espírito de solidariedade global que Portugal assume este acordo de parceria. A segurança alimentar e o acesso a alimentos de qualidade tornaram-se desafios ainda maiores e que nos convocam, ainda mais, a unir esforços”.

Esta iniciativa de resposta à situação de emergência em Cabo Verde é resultado da ação conjunta dos ministérios dos Negócios Estrangeiros e da Agricultura e Alimentação de Portugal, através, respetivamente, do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua I.P. e do Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP).

Lisboa, 30 de dezembro de 2022

Comunicado do Gabinete da Ministra da Cultura e da Alimentação

Créditos da Imagem: DR