Lyman perto de cair em mãos ucranianas; Peskov alerta que territórios “anexados” integram a Rússia

1 de Outubro, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

Depois dos desaires recentes em Kupiansk, Izium, Kreminna, Balakliia e Kupiansk, os russos podem também agora perder a cidade de Lyman, situada na região de Donetsk, que estará já praticamente cercada por forças ucranianas. Os russos e seus aliados separatistas apenas controlam uma estrada com ligação ao exterior, contudo esta tem sido alvo frequente da artilharia ucraniana, pelo que poderá ser bloqueada a qualquer momento.

A informação é confirmada por um comandante separatista que admite um cenário complicado e que os combates em vilarejos, localizados nas imediações, têm sido desvantajosos para as forças russas e separatistas.

Por outro lado, Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin, já veio a público mencionar que os ataques perpetrados contra as regiões anexadas pela Federação Russa (Donetsk, Lugansk, Kherson e Zaporizhzhia) serão considerados como ataques contra a própria Rússia, cenário que poderá, na interpretação de alguns especialistas, fazer accionar a hipótese de uma eventual resposta nuclear ao progresso ucraniano na região leste. No entanto, Peskov desconhece ainda quais serão as verdadeiras fronteiras desses territórios absorvidos pela Federação Russa, pelo que a sua declaração é algo vaga, apesar do aumento da escalada de tensão.



Créditos da Imagem: O Ribatejo