Movimento 2030 defende a valorização da Estação de Ovar (comunicado)

28 de Março, 2024 0 Por A Voz de Esmoriz

Os bons exemplos dos municípios vizinhos devem servir-nos como modelo e inspiração para procurarmos ser melhores. 

O município de Gaia pretende aproveitar a sua futura estação de TGV para transformar a rotunda de Santo Ovídio numa praça de tomada e largada de passageiros, bem como para criar um terminal intermodal de transportes.

Enquanto isso, o município de Ovar continua adormecido e apático, sem reivindicar junto do governo as justas contrapartidas pelos transtornos que a passagem da linha de TGV vai impor no nosso território. 

Enviamos assim uma recomendação ao executivo Municipal, via e-mail,  pois efetivamente, a criação da futura infra-estrutura de alta velocidade terá um impacto brutal no concelho de Ovar. E esse facto devia justificar, para o nosso município, a exigência de contrapartidas e compensações junto do poder central. 

Tendo em conta que a estação de comboios de Ovar é a mais próxima a servir as populações de concelhos vizinhos como a Feira e São João da Madeira, entre outros, este é o momento mais que oportuno para reivindicar a valorização do serviço de transportes a partir de Ovar. 

O Movimento 2030 defende a remodelação e modernização da estação de Ovar, com um projeto de reconversão do edifício, para permitir uma maior capacidade de resposta aos utentes, mas também a criação de uma plataforma de transportes intermodal, para acolher um serviço de autocarros entre Ovar e as terras vizinhas. 

Na nossa perspetiva, impõe-se também a criação de um túnel para facilitar a circulação entre o centro da cidade e São João de Ovar, tal como já defendemos anteriormente, de modo a permitir um escoamento do trânsito mais rápido e fluido.

O objectivo de um projeto desta dimensão, que tem de ser reivindicado pela nossa autarquia sem hesitações junto da administração central, é tornar Ovar num ponto fundamental de ligação e acesso aos transportes para toda a região norte do distrito de Aveiro, repensando os equipamentos e criando condições para servir uma comunidade ainda mais alargada.