“Natal” – Poema de Natal VI

25 de Dezembro, 2023 0 Por A Voz de Esmoriz

Natal

Dezembro é último mês do ano
Que o homem vê sem igual
Dezembro pertence à linda época
De frio, chuva, neve – é Natal!

Natal é a quadra mais bonita
Que nos vota em fervor
Natal são as casas iluminadas
Que significam paz e amor.

Natal é dar um abraço
A um velhinho ou mendigo
Natal é ofereceres um pouco de ti
Para que te sintas bem contigo.

Natal é fazeres uma visita
A um lar ou hospital
Natal é dar de ti e do coração
Coisa linda não há igual.

Natal é mandar uma mensagem
De ti para o outro
Natal é receberes amor
Porque dar carinhos ainda é pouco.

Natal é ver as crianças alegres
Com a chegada desse dia
Natal é uma razão
Para vivermos em harmonia.

Aleluia, Aleluia
Nasceu o bom pastor
Veio dar luz ao mundo
Aos deprimidos, aliviar a sua dor.

Tenho tantos livros
E nenhum é igual
Mas tenho um livro lindo
Que me fala do Natal.

Um bom livro se desfolha
Porque não é um livro qualquer
Tendo paz, amor e harmonia
Natal é quando um homem quer.

Maria, nossa Mãe
Num curral deu à luz
Nasceu o Salvador do Mundo
E por nós morreu na Cruz!

Quantas vezes eu escrevo
Com vontade de cantar
Escrevo tudo sobre o Natal
Com vontade de chorar!

Feliz Natal
Quadras soltas de Armando Marinheiro, cidadão esmorizense que já participou em actividades do Teatro e de Estátuas Vivas


Créditos da Imagem: Slideshow.lda/ Turismo Centro de Portugal