“O Amor é Tão Simples” traz Diogo Infante até ao Centro de Arte de Ovar

13 de Setembro, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

O AMOR É TÃO SIMPLES
Teatro | Centro de Arte de Ovar
24 SET | SÁB | 21H30

No original Present Laughter, esta comédia, escrita em 1939, celebra o lendário espírito livre do dramaturgo Noël Coward. Amplamente considerada como a peça mais autobiográfica do autor, teve a sua estreia em 1942, interpretada pelo próprio.
Guilherme de Andrade é um famoso ator com uma vasta legião de fãs, que atraídos pelo seu charme e carisma, transformam a sua casa num verdadeiro caos. Na semana antes de partir para uma digressão em África, vê-se obrigado a lidar com a sua devota comitiva: a secretária, a sua ex-mulher, uma jovem atriz apaixonada e cheia de ambições, um desequilibrado aspirante a dramaturgo, a mulher do melhor amigo determinada a seduzi-lo, o seu agente, o seu produtor, o mordomo e a governanta.
Simultaneamente, Guilherme sente-se atormentado por uma crise de meia-idade, que insiste em manifestar-se sempre que se olha ao espelho.
O Amor é tão simples é uma deliciosa e intemporal comédia, que reflete sobre o papel da fama, do amor e do próprio teatro.

24 de Setembro
21h30
Centro de Arte de Ovar

entrada € 10,00
destinatários M/12
duração 105’
+info caovar@cm-ovar.pt ou 256 509 160
Bilheteira Online
https://www.bol.pt/…/Entida…/24-camara_municipal_de_ovar

Diogo Infante, encenação
Ana Sampaio, tradução
Diogo Infante, Ana Brito e Cunha, Ana Cloé, António Melo, Cristóvão Campos, Flávio Gil, Joana Pais de Brito, Miguel Raposo, Patrícia Tavares, Rita Salema, elenco
F.Ribeiro, cenografia
Paulo Sabino, desenho de luz
José António Tenente, figurinos
Nuno Rafael, Filipe Melo, música
Rui Melo, letra
Anna Sant’Ana assistência de encenação
Romana Mussagy assistente de guarda-roupa
Teatro da Trindade INATEL e Força de Produção coprodução