Parlamento Europeu decide pelo fim de venda dos carros a combustão a partir de 2035

21 de Junho, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

O Parlamento Europeu aprovou, neste mês de Junho, o fim de venda de carros a gasóleo ou gasolina a partir do ano de 2035. A medida insere-se no âmbito do pacote diplomático “Fit for 55” que visa a redução drástica das emissões poluentes.

A medida prevê o fim do fabrico e venda de veículos alimentados por combustíveis fósseis, embora estes ainda possam circular (desde que sejam adquiridos em anos anteriores) depois de 2035, contudo não poderão ser transacionados pelo mercado do sector automóvel. O objectivo passa por abraçar energias renováveis e sustentáveis, e as viaturas de carregamento eléctrico deverão ser o futuro, embora exista a necessidade de aprimoramentos técnicos ao nível do reforço técnico da sua autonomia e da cobertura por uma rede densa de infraestruturas que assegurem os carregamentos.

No entanto, refira-se que a aprovação pelo Parlamento Europeu ainda não torna definitiva esta proposta de lei (a mesma não foi sequer consensual – o diploma foi aprovado com 339 votos a favor, 249 contra e 24 abstenções), sendo previstas novas etapas de negociações no Conselho da União Europeia e Comissão Europeia, e há uma forte possibilidade de o documento voltar a ser discutido pelos eurodeputados em Bruxelas.

Neste momento, o Governo Português oferece um bónus de 4 mil euros para quem pretender comprar veículos elétricos. No entanto, este benefício só se aplica aos primeiros 1 300 portugueses que comprarem um carro elétrico e se candidatem ao incentivo vão receber a verba, desde que o preço do veículo não ultrapasse os 62 500 euros.


Créditos da Imagem: PE/Smooth FM