Poema de Natal IX – “O Verdadeiro Sentido de Natal”

25 de Dezembro, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

O Verdadeiro Sentido do Natal

O Natal é magia que advém do amor,
É vento de paz que entra pelas janelas,
É neve rara que nos aquece o interior
É neblina fugaz que oblivia as querelas.

É quadra que dispensa trajes de luxúria,
Prendas afilhadas do vil materialismo,
Ou mitos capitalistas como o Pai Natal,
Que nos seduzem para o mero cinismo!

Jesus nasceu no berço da humildade,
Na vontade de ajudar os carenciados,
No almejo de semear a generosidade.

A sua luz é parte intrínseca do altruísmo:
É a Estrela de Belém que a todos guiará,
Musicando na pauta natalícia notas solidárias.

Soneto de Laurentino Piçarra