Recordista Giroud e mágico Mbappé empurram a França para os quartos-de-final

4 de Dezembro, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

A França confirmou o favoritismo diante da Polónia em partida dos oitavos de final do Campeonato do Mundo do Catar 2022. A selecção comandada por Didier Deschamps encontrou um adversário que não facilitou a vida e a partida foi mais equilibrada do que se previa. Todavia, a França venceria a partida por 3-1, um triunfo que acaba por ser justo, sobretudo por aquilo que os franceses fizeram na segunda parte.

Na primeira parte, logo aos 13 minutos, Tchouaméni rematou de fora da área e obrigou o guardião polaco Szczesny a uma defesa apertada. Aos 35 minutos, Mbappé rematou com força e Szczesny com uma boa intervenção a desviar para as malhas laterais. Aos 38 minutos, surge uma grande oportunidade de golo para os polacos – Bereszynski cruza para a área onde Zielinski por duas vezes viu Lloris negar-lhe o golo e à terceira foi Varane quem cortou a recarga de Szymanski e salvou em cima da linha de golo.

Aos 44 minutos, e após alguns calafrios provocados pela Polónia, a França adiantou-se no marcador. Olivier Giroud fez o 52º golo ao serviço dos gauleses e ultrapassou o avançado lendário Thierry Henry como melhor marcador de sempre da selecção francesa. O atacante do AC Milan foi assistido por Mbappé e, perante a saída de Szczesny, rematou à meia-lua e a bola só parou no fundo das redes para delírio dos adeptos franceses presentes no Al Thumama Stadium.

Na segunda parte, a França entrou embalada pelo golo obtido no final do primeiro tempo. Aos 56 minutos, Mbappé rematou, com um desvio de um jogador polaco, e a bola sai a rasar o poste da baliza de Szczesny. Aos 66 minutos, Giroud quase bisa na partida de calcanhar, mas a bola vai às malhas laterais. Após sucessivos avisos, a França fez mesmo o segundo no jogo – Mbappé, aos 74 minutos, e na sequência de um contra-ataque letal em que Giroud passa para Dembelé e este último mete rasteiro para Mbappé que com toda a calma e mestria rematou em jeito e fez o 2-0. A França tinha finalmente o jogo sentenciado. Aos 91 minutos, o astro francês do PSG bisou e carimbou o 3-0. Na verdade, foi um grande golo de Mbappé que recebe de Thuram, ajeita e arma o remate na quina da área, disparando fortíssimo, sem hipótese para Szczesny.

Aos 99 minutos (num jogo em que novamente o tempo de compensação foi enorme), o árbitro através do recurso ao VAR assinalou grande penalidade a favor da Polónia (mão do defesa Upamecano na área) – Lewandowski não desperdiçou e fez o tento de honra.

A França avança assim para os quartos-de-final, enfrentando o vencedor da eliminatória entre a Inglaterra e o Senegal.



Créditos da Imagem: Football Bleacher Report (página nas redes sociais)