Sismo no Japão já provocou mais de 60 mortos

4 de Janeiro, 2024 0 Por A Voz de Esmoriz

O sismo da passada segunda-feira, de magnitude de 7,6 na escala aberta de Richter e com epicentro na península de Noto (Japão), já provocou, pelo menos, 62 mortes e mais de 300 pessoas ficaram feridas. O terramoto fez desencadear o desmoronamento de edifícios bem como se registaram diversos incêndios.

Foram igualmente sentidas várias réplicas.

O primeiro-ministro nipónico Fumio Kishida prometeu acelerar as missões de ajuda e de entrega de bens essenciais (alimentos e medicamentos) às populações afectadas. Está a ser igualmente retomado o abastecimento de energia elétrica, água e as telecomunicações nas províncias que sentiram as consequências severas do cataclismo.

Apesar do abalo intenso que causou destruição significativa, os japoneses têm consciência de que as consequências podiam ter sido bem piores. Recorde-se que, segundo o EuroNews, há praticamente um ano, mais de 50 mil pessoas morreram após um sismo de magnitude 7,8 que abalou a Turquia e a Síria.

Créditos da Imagem: FRED MERY/AFP via Getty Images