Sporting Clube de Esmoriz apresenta plantel oficial para 2022/2023

19 de Setembro, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

Após termos feito o rescaldo da vitória do Sporting Clube de Esmoriz por 2-1 diante do “GD A Ronda” e da respectiva conquista da Taça Matateu, é altura de apresentarmos o elenco oficial da formação da Barrinha para a época de 2022/2023.

O plantel é essencialmente jovem com uma média de idades situada entre os 22 e os 24 anos, e com muitas caras novas. A equipa ainda está a procurar automatismos dentro de campo, visto que só dois atletas da época anterior se mantêm no plantel (casos de João Silva e Vasco Oliveira).

Em termos de expectativas para a próxima temporada, e apesar do Sporting Clube de Esmoriz ter um plantel de top-5 para a Série Norte da 1ª Divisão Distrital de Aveiro (equivalente hoje à segunda divisão distrital), a verdade é que a direcção espera uma época tranquila e com bom futebol, não se comprometendo com o sonho da promoção, argumentando que é necessário salvaguardar previamente a estabilidade financeira do clube.

O comando técnico será liderado pelo Professor Pedro Alves, de 44 anos, que já orientou equipas como o Fiães SC e o Avanca, e contará com a ajuda de outros elementos: Vítor Ferro, Hélder Rosas, Fernando Silva e João Gomes.

No que concerne ao plantel, este é constituído da seguinte forma:

Guarda Redes: João Ribeiro (ex-Florgrade), Paulinho (cedido pelo São João de Ver) e Leandro (ex-Avanca)

Defesas: 1) centrais Matteus (ex-São José FC – São Paulo), João Silva, André Mendes (ex-União de Lamas), Cristiano (SC Espinho), Tomás Picarote (central cedido pelo São João de Ver). 2) laterais: Dinis Dias (ex-Avanca), Tiago Vieira (ex-Feirense), Kiko (cedido pelo São João de Ver), Jeanderson (ex-Jacuipense – São Paulo), Ruben Barbosa (ex-Oliveira do Bairro), Marcelo Tralhão (ex- AD Quinta de Paramos).

Médios: Xavi (ex- SC Bustelo), Kayo (ex- America de Teofrotonio – São Paulo), Diogo Santos (ex-Beira Mar), Ruben Fonseca (ex-União de Lamas), Diogo Estevão (ex-CCR Válega), Tiago Sousa (cedido pelo São João de Ver), Igor Santos (ex-São Félix da Marinha), Ricardo Nogueira (ex-Fiães SC), Seba (ex- AR São Martinho).

Avançados (inclui extremos): Dani Silva (ex-Avanca), Gabi (ex-ARC Oleiros), Thiago Silva (ex-CCR Válega), Haliky (ex-FC Infesta), Pedro Silva-Meco (cedido pelo São João de Ver), André Corredoura (cedido pelo São João de Ver), Ruben Martins (ex- ADC Lobão) e Vasco Oliveira.

Análise possível: Apesar de apenas podermos tecer as primeiras avaliações ao fim de alguns jogos oficiais, a verdade é que o plantel incide na aposta de muitos jogadores jovens que contam com pouca experiência, contudo podem ser munidores de talento, e alguns deles, podem surpreender, pela positiva, na próxima época. É de destacar, neste âmbito, a cedência de cinco atletas por parte do São João de Ver, equipa da Liga 3, clube que tem uma parceria profícua com o Sporting Clube de Esmoriz. Por outro lado, o SC Esmoriz também se reforçou no estrangeiro com a entrada de atletas que alinhavam em equipas de divisões inferiores do Brasil, mas que podem ser opções muito válidas para o técnico Pedro Alves.

No entanto também há aquisições de alguns jogadores que já deram provas dadas em épocas anteriores. No sector defensivo, Dinis Silva, lateral direito, era titular no Avanca, formação do Campeonato SABSEG. Na zona central, André Mendes, de 32 anos, é dos mais experientes no plantel – apesar de ter sido pouco utilizado no União de Lamas, conta já no seu currículo com passagens pelo Carregosense e Milheiroense. No meio campo, Marcelo Pinheiro alinhou em clubes como o Fiães SC e União de Lamas, e Diogo Estevão era habitual titular no CCR Válega (que acabou por não escapar à despromoção no Campeonato SABSEG). Na frente de ataque, Dani Dias receberá a camisola nº 9, atleta que representou o Avanca na época anterior e que fez 9 golos no Campeonato SABSEG – é um jogador que vem muito bem referenciado e que pode dar muitas alegrias aos esmorizenses. Também é necessário seguir com especial atenção Gabriel Ferreira (ou Gabi) que alinhava pelo ARC Oleiros no Campeonato de Portugal – o extremo fez 22 jogos e apontou um golo, e na Taça Matateu, fez um grande golo após uma jogada individual perfeita que permitiu abrir o marcador.

O primeiro jogo oficial está agendado para o próximo Domingo, quando a equipa se deslocar ao reduto do CD Paços de Brandão, formação que assumiu um investimento considerável para conseguir regressar ao Campeonato SABSEG.