Tomada de Posse na JF Esmoriz – António Sá assume liderança do executivo; Carla Madureira presidirá à assembleia

13 de Outubro, 2021 0 Por A Voz de Esmoriz

A tomada de posse dos novos órgãos sociais da Assembleia de Freguesia de Esmoriz decorreu na noite da passada segunda-feira. O novo elenco da Assembleia respeitará os resultados verificados nas derradeiras eleições autárquicas, sendo composto por 8 deputados sociais-democratas, 4 deputados socialistas e 1 deputado do Movimento 2030.

A cerimónia foi inicialmente conduzida por Carla Mesquita, Presidente da Assembleia de Freguesia em cessação de funções, sendo coadjuvada por Sandra Fernandes que lavrou o documento da instalação dos órgãos autárquicos.

A acta da Assembleia foi assinada por António Manuel Alves Pinto de Sá (novo presidente da Junta de Freguesia, eleito pelo PSD), Carlos Jorge Ferreira (deputado, líder da bancada do PS), Carla Jacinta Alves Mesquita (deputada pelo PSD), Hélder Manuel Silva Ferreira (deputado pelo PSD), Maria João Duarte (deputada, eleita pelo PS), Marlene Pinho (deputada, eleita pelo PSD), Sílvio Correia Graça (deputado eleito pelo Movimento 2030), João Rodrigues (deputado eleito pelo PSD), Emídio dos Santos Barbeira (deputado eleito pelo PS), Carla Madureira (deputada eleita pelo PSD), Pedro Ismael Correia Maia (deputado eleito pelo PSD), Elvira Sá (deputada eleita pelo PS) e Sandra Fernandes (deputada eleita pelo PSD). Serão estes os membros que assumirão o mandato da Assembleia de Freguesia para o mandato de 2021-2025.

Por seu turno, o novo executivo da Junta foi aprovado com 9 votos a favor, 2 em branco e 2 contra. Por conseguinte, será composto por António Sá (presidente; sucede a António Bebiano), Carla Mesquita, Hélder Ferreira, Marlene Pinho e João Rodrigues. Também ficou determinado que a Mesa da Assembleia de Freguesia será liderada pela deputada da nação – Carla Madureira (sucede a Carla Mesquita), contando com os apoios da primeira secretária Sandra Fernandes e do segundo secretário Mário Jorge Marques Jesus.

Seguiram-se os discursos dos representantes dos partidos com assento autárquico.

Sílvio Graça, deputado do Movimento 2030, começou por felicitar as eleições de António Sá e Carla Madureira para a presidência do executivo e assembleia respectivamente. Considera que foi uma honra ter sido eleito para este organismo e agradeceu o apoio da equipa do Movimento 2030. Afirma que a sua força partidária será sempre independente na forma de pensar e agir e promete uma oposição construtiva, na qual serão defendidos os interesses dos esmorizenses. Espera do executivo empenho, dedicação e transparência. Sílvio Graça assumiu ainda que cedeu o valor monetário das suas senhas de presença a uma IPSS da cidade de Esmoriz e desafiou os restantes deputados a fazerem o mesmo, rematando que se deve colocar em cima o bem-superior da comunidade.

Carlos Jorge Ferreira, líder da bancada do Partido Socialista, também desejou um bom mandato para António Sá e Carla Madureira bem como para todos os eleitos. Salienta que representará os esmorizenses da melhor forma possível e também acedeu em doar as suas senhas de presença a uma IPSS da cidade. Promete fiscalizar o trabalho e o empenho do executivo bem como apresentar propostas que constavam do programa eleitoral do PS Esmoriz, esperando que a actual equipa de António Sá demonstre disponibilidade para acolher algumas das ideias visto que é o bem-estar dos esmorizenses que mais interessa. Apelou ao executivo para que assuma uma posição de maior transparência e proximidade para com a população.

Pedro Maia, deputado pelo Partido Social Democrata, felicitou igualmente todos os eleitos e deseja que o público apareça em número considerável nas sessões da Assembleia de Freguesia, de forma a sair gradualmente de uma tendência generalizada de confinamento e a participar activamente nas iniciativas que visem as causas que afectem a cidade. Pedro Maia frisa que é dever dos organismos públicos locais propiciar condições, ao nível da organização e da proximidade, que permitam boas molduras humanas nas assembleias. Por outro lado, acredita que este poderá ser o início de uma boa caminhada em prol da urbe, renovando novamente o desejo de que todos os eleitos contribuam para um mandato bem-sucedido.

António Sá, Presidente da Junta de Freguesia de Esmoriz, começou por frisar que Esmoriz reforça-se sempre que existam ideias múltiplas e diferentes para melhorar a vida da comunidade, felicitando todas as forças políticas que concorreram às eleições em Esmoriz. António Sá agradeceu ainda aos esmorizenses por terem depositado um voto de confiança em si e na sua equipa, prometendo trabalhar para honrar essa mesma confiança. Ressalva que não vê a “maioria reforçada como uma licença infinita para todo o poder”, mas sim como um acréscimo de responsabilidade junto da população e das forças vivas da cidade. Referiu que é com humildade e sentido de missão que assume a presidência da Junta, garantindo que as portas estão abertas para todos e que deseja trabalhar com toda a comunidade.

Carla Madureira, recém-eleita Presidente da Assembleia de Freguesia de Esmoriz, promete honrar a confiança que lhe foi confiada e espera estar à altura das expectativas depositadas pela comunidade, garantindo cumprir com zelo e dedicação as funções que exercerá a partir de agora e representando assim os esmorizenses. Assegura que, no desempenho do seu cargo, irá pautar-se pelos valores do equilíbrio, equidistância e sensatez. Agradeceu o contributo dos vogais/deputados que estiveram na Assembleia de Freguesia durante os últimos anos, e deixou uma palavra de esperança para os novos eleitos. Pede que o debate seja feito com civismo e respeito uns pelos outros e que todos saibam honrar a população que representam, conferindo dignidade à Assembleia de Freguesia. Sublinha que todos os partidos e cidadãos, eleitos ou não, podem ter uma palavra na Assembleia de Freguesia e que esta será a casa da democracia em Esmoriz, um verdadeiro espaço plural de debate e de cidadania. Carla Madureira desafiou ainda todos os eleitos a despirem as cores partidárias e a unirem-se em prol das grandes causas e desafios da cidade.

Recorde-se que o auditório da Junta de Freguesia de Esmoriz praticamente lotou durante a tomada de posse dos novos órgãos autárquicos. Muitas entidades e associações se fizeram representar, além de muitos cidadãos então expectantes.