Uma aventura desde o vale dos Castelos até à urbe da Tanoaria

3 de Agosto, 2022 0 Por A Voz de Esmoriz

“Eles estão a chegar!” – avisa o locutor Jorge Bandeira que, nos últimos nove dias, acompanhou de perto a aventura dos irmãos Daniel e Tiago Costa, ambos naturais de Gião, concelho de Santa Maria da Feira, que abraçaram o desafio de partir de Tours (cidade situada na região central do Vale do Loire – França, conhecida por albergar imensos castelos), atravessando os Pirenéus, os diversos territórios de Espanha e por fim, Portugal, onde terminaram o trajecto mais concretamente em Esmoriz, onde tiveram uma recepção calorosa por parte de familiares e da equipa de reportagem da Rádio Voz de Esmoriz, então constituída por Jorge Bandeira, José Carlos Macedo e João Cruz.

A aventura compreendeu um percurso de cerca de 1500 km ao longo de nove dias, embora com algumas paragens para comer ou repousar. Os irmãos reconheceram que, por volta das 12 horas, paravam para almoçar algumas sandes nalguns estabelecimentos e que tiveram também momentos para repousar e recuperar as energias. Durante o trajecto, alguns cidadãos anónimos tentaram ajudá-los, garantindo-lhes abrigos temporários ou palavras incentivadoras.

No desenrolar da aventura, Daniel e Tiago Costa observaram muitas paisagens e realidades geográficas distintas, e apesar do desgaste natural, sempre acreditaram que poderiam triunfar nesta jornada, e a vontade fez toda a diferença para que alcançassem o seu objectivo com sucesso. Só nos Pirenéus, perderam cerca de 3 dias, a tentar subir aquela região montanhosa. Decerto, que não era para qualquer um!

Quando chegaram, nesta quarta-feira de tarde, a uma pequena meta simbólica e improvisada, por minutos, junto à rádio Voz de Esmoriz, festejou-se o momento com champanhe e entrega de lembranças alusivas às tradições culturais de Esmoriz. Os familiares dos jovens (pais, avós e tios) estavam em êxtase e comemoraram este feito na cidade da Tanoaria.

Daniel Costa relembrou que foi uma jornada que teve alguns momentos complicados, narrando que, num dos episódios, chegou a subir 1350 metros de altitude com um saco às costas, cenário que provocou um esforço quase sobre-humano. Afirmou que transportava consigo um objecto que era um anjinho da guarda, de forma a que tudo corresse da melhor forma.

Por sua vez, Tiago Costa confidenciou que foi uma aventura bonita em que puderam conhecer diversas terras, apesar de frisar que este foi um árduo teste para o corpo e componente mental. Relatou que, pelo caminho, estiveram em contacto com emigrantes portugueses e alguns ciclistas que faziam outros percursos ambiciosos, algo que lhes trouxe ainda mais motivação.

António Sá, Presidente da Junta de Freguesia de Esmoriz, esteve presente na recepção aos ciclistas e mencionou que foi gratificante saber que estes jovens escolheram a cidade como ponto de chegada do seu longo percurso. Elogiou a iniciativa arrojada dos ciclistas que encetaram assim um percurso de 1500 km e convidou os recém-chegados desportistas a usufruírem dos recantos e da hospitalidade da terra.

Pedro Henriques, Presidente da Comissão de Melhoramentos de Esmoriz, elogiou o espírito de perseverança dos dois ciclistas e referiu que foi uma honra para a rádio Voz de Esmoriz acompanhar esta aventura desportiva que foi certamente saudável e profícua.


Pequena Galeria de Imagens